Vídeo: Policiais ameaçam jornalista com fuzis e dispara para o alto em Salvador


29/03/2021 03h20 | Por: Redação/maisteixeira

Durante a noite deste domingo, 28 de março, vários jornalistas que faziam cobertura do caso do Policial Militar, que segundo a (SSP/BA) teria surtado no farol da barra, foram ameaçados por Policiais Militares armados, que já chegou apontando os fuzis em direção aos jornalistas e logo em seguida um dos militares disparou para o alto.

Durante a noite deste domingo, 28 de março, vários jornalistas que faziam cobertura do caso do Policial Militar, que segundo a (SSP/BA) teria surtado no farol da barra, foram ameaçados por Policiais Militares armados, que já chegou apontando os fuzis em direção aos jornalistas e logo em seguida um dos militares disparou para o alto.   No vídeo, é possível ver que os jornalistas, que estavam fazendo o seu trabalho e registrava o momento do socorro do militar Wesley Soares Góes, que trabalhava na 72ª CIPM, após ser alvejado após mais de 03h30 de negociação com equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), no início da noite.  Em nota o comando da PM informou que lamenta profundamente o episódio que ocorreu neste domingo (28) no Farol da Barra em Salvador, quando todos os esforços foram feitos por um final pacífico durante um possível surto do Policial Wesley. O batalhão de Operação Especial adotou protocolos de segurança e o Policial militar foi ferido e foi socorrido imediatamente pelo SAMU, mais não resistiu os ferimentos e veio a óbito.  E sobre o ocorrido com a imprensa o comando informou que só ficou sabendo do ocorrido através de um vídeo do momento em que a imprensa acompanhava o fato e foi interpelada por Policiais Militares. A instituição ressalta o respeito á liberdade de expressão e ao trabalho dos jornalistas e o fato será devidamente apurado.
  • No vídeo, é possível ver que os jornalistas, que estavam fazendo o seu trabalho e registrava o momento do socorro do militar Wesley Soares Góes, que trabalhava na 72ª CIPM, após ser alvejado após mais de 03h30 de negociação com equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), no início da noite.

Em nota o comando da PM informou que lamenta profundamente o episódio que ocorreu neste domingo (28) no Farol da Barra em Salvador, quando todos os esforços foram feitos por um final pacífico durante um possível surto do Policial Wesley. O batalhão de Operação Especial adotou protocolos de segurança e o Policial militar foi ferido e foi socorrido imediatamente pelo SAMU, mais não resistiu os ferimentos e veio a óbito.

E sobre o ocorrido com a imprensa o comando informou que só ficou sabendo do ocorrido através de um vídeo do momento em que a imprensa acompanhava o fato e foi interpelada por Policiais Militares. A instituição ressalta o respeito á liberdade de expressão e ao trabalho dos jornalistas e o fato será devidamente apurado.