Vídeo: Banco Santander faz exposição onde fazia apologia à pedofilia e zoofilia


13/09/2017 03h09 |

Uma grande polêmica a cerco de uma exposição patrocinado pelo Banco Santander, em Porto Alegre (RS).

Durante uma exposição no Santander cultural, vários visitantes ficaram revoltados após visitar o museu da arte em Porto Alegre (RS), e ver os quadros onde tinha imagem de pedofilia, zoofilia e uma falta de respeito com as religiões.

No vídeo da para ver no momento que um blogueiro, tenta filma uma criança dentro do museu, mais foi retirado pelo segurança. O blogueiro Felipe Diehl, durante o vídeo em que ele circula pela exposição e critica as obras, e fala das fotos de sexo explícito.

Veja a nota enviada pelo Santander:

Agradecemos seu contato sobre a exposição Queermuseu – Cartografias da diferença na Arte Brasileira.

Reconhecemos que, além de despertar a polêmica saudável e o debate sobre grandes questões do mundo atual, infelizmente a mostra foi considerada ofensiva por algumas pessoas e grupos.

Nós, do Santander, pedimos sinceras desculpas a todos aqueles que enxergaram o desrespeito a símbolos e crenças na exposição Queermuseu. Isso não faz parte de nossa visão de mundo, nem dos valores que pregamos. Por esse motivo, decidimos encerrar antecipadamente a mostra neste domingo, 10/09.

O Santander Cultural tem como missão incentivar as artes e dar luz ao trabalho de curadores e artistas brasileiros, para gerar reflexão positiva. Se esse objetivo não foi atingido, temos o dever de procurar novas e diferentes abordagens. Seguimos, portanto, comprometidos com a promoção do debate sobre diversidade e inclusão, entre outros grandes temas contemporâneos.