Vereador Marquinhos Gomes fala da morte do Pastor Benedito que morreu de infarto e alega negligência médica em Teixeira


14/07/2021 17h14 | Por: Alexandro Sousa/maisteixeira

O vereador Marquinhos Gomes, começou o seu discurso na câmara de vereadores de Teixeira de Freitas, na manhã desta quarta-feira, 14 de julho, com um desabafo, onde o vereador acusa a unidade de saúde HMTF de negligência.

“Quero colocar os meus sentimentos aqui a família do Pastor Benedito Henrique, que morreu de enfarto por negligencia médica, que morreu no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF) que infarto e teria ficado sete dias internado e não fez o cateterismo no pastor e mandou a família assinar um documento, como se estivesse dando alta ao paciente , que foi para casa e teve o segundo infarto retornando para o hospital ficando na sala vermelha e veio a óbito’’.

Continuando com o seu discurso, o vereador desabafou com os demais colegas “agente ver muitos falando da gestão passada que não fez nada, que deixou divida e deixou tudo, mais na gestão passada tem os a favores e tem os contras, mais aqui só se fala os contra o que foi de ruim da gestão passada não fala dos ônus (bom), que essa gestão estar sobrevivendo da gestão passada eu quero aqui parabenizar o vereador Toizinho, Ronaldo, o vereador Ailton Lacerda o vereador Joris, que aprovou aquele empréstimo de 30 milhões na gestão passada “teve vereador desta casa que foi contra aquele empréstimo e essas ruas que estão sendo asfaltado hoje povo de Teixeira de Freitas é graças à gestão passada que esta usando o empréstimo que Timóteo fez e gastou 8 milhões e deixou 22 milhões na conta para gastar com pavimentação, ai vocês não vem na tribuna fala da gestão passada que deixou esse 22 milhões para vocês sobreviver que até agora não trouxe nada para a cidade já se faz sete meses e fica aqui falando calma  só tem sete meses isso e uma pouca vergonha ’’.  Disse o vereador.