Secretario de Saúde desmente Fake News; E fala sobre o coronavírus em Teixeira


16/03/2020 23h50 | Por: Alexandro Sousa/maisteixeira

No inicio da noite desta segunda-feira 16 de março, o secretário de Saúde, Hebert Chagas, em companhia da diretora da Vigilância Epidemiológica, Rosidalva Barreto, desmentiu um boato em que uma funcionária do SAC, supostamente teria contraído o coronavírus, na unidade assim assustando os moradores.

Não há nem um caso confirmado em Teixeira de Freitas, como informou um site local, até o momento, como foi noticiado hoje pela manhã, pois a paciente foi descartada pelo o médico, pois a mesma não se enquadrava nos critérios do ministério da saúde como uma paciente que teria pegado o coronavírus. Ouvem sim seis casos suspeitos na cidade, dois caso foi descartado, uma estar em analise em Salvador, dois casos foram coletados hoje e um será coletado amanhã.

Em um bate-papo com internautas Herbert, informou que toda a equipe da saúde está preparada para atender pacientes que tenham contraído o vírus, e pede que a população não procure a unidade com um caso de gripe comum que apresente sintomas leves.

Rosidalva alerta que a tendência é o aumento no número de gripe neste período do ano, e é preciso uma conscientização por parte da população, “se você não visitou o exterior ou teve contato com essas pessoas, não tem o porquê procurar a unidade com sintomas leves de uma gripe comum. Mas se você se enquadra nos sintomas, principalmente febre e tosse e teve contato ou viajou para fora do país, procure imediatamente a unidade de saúde e informe a sua condição”. Ainda de acordo a diretora da Vigilância Epidemiológica Rosidalva, criança e adulto que estiverem com gripes virais ela recomenda que fique em casa, pois os que forem funcionário do comercio podem pegar atestado médico nas unidades básicas de saúde, e as crianças poderão repor as matérias curriculares posteriormente.

E para finalizar a o bate-papo com os internautas em sua rede social, Hebert pediu que se evitassem aglomerações, e que a pessoa que estiver com gripe viral procure um médico e peça seu atestado e fiquem sete dias em casa, caso os sintomas não passem procurem uma unidade de saúde para fazer o teste do coronavírus. Finalizou o secretario de saúde Hebert Chagas.