Saúde de Itamaraju cai para a 17ª posição no ranking; município está entre os 5 piores


06/10/2021 08h51 | Por: Redação/Fonte:SigaaNoticia

A qualidade da saúde pública oferecida pelo município de Itamaraju continua cada vez mais abaixo das metas estabelecidas pelo governo federal.

O município que, na avaliação do Ministério da Saúde, entre os meses de janeiro e abril ocupava a 9ª posição na qualidade dos serviços de saúde, caiu para 17ª posição ficando agora entre os cinco municípios da região com pior desempenho que são: Itapebi, Belmonte, Prado e Jucuruçu que ocupa a lanterna com a 21ª posição no ranking.

Os dados são do Programa Previne Brasil que destaca o cumprimento das metas dos indicadores de saúde que apontam que o desempenho piorou no município nos meses de maio, junho, julho e agosto de 2021.

O programa avalia o desempenho dos municípios nos atendimentos de gestantes, odontologia, testagem de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), tratamento de hipertensão, diabetes, entre outros procedimentos.

De acordo com as normas do novo modelo de Incentivo Financeiro de Custeio, o péssimo desempenho fará com que Itamaraju e os demais municípios recebam menos recursos financeiros para custeio das ações e serviços de saúde, no âmbito da atenção primária.

CONFIRA O RANKING DOS 21 MUNICÍPIOS DO EXTREMO SUL 

1° Caravelas

2° Mucuri

3° Ibirapuã

4° Itanhém

5º Vereda

6º Guaratinga

7° Medeiros Neto

8° Teixeira de Freitas

9º Porto Seguro

10º Nova Viçosa

11° Itabela

12º Eunápolis

13º Lajedão

14 Santa Cruz Cabrália

15º Alcobaça

16 Itagimirim

17º Itamaraju

18º Itapebi

19º Belmonte

20° Prado

21° Jucuruçu