População itamarajuense protestou em frente à UPA abandonada pela administração publica


24/02/2019 17h45 | Por: Alexandro Sousa/maisteixeira

Na tarde deste domingo 24 de fevereiro, vários moradores se juntaram em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), abandonada pela gestão publica do município de Itamaraju, no bairro Alvorada em enfrente a Cerâmica Gato na BR-101, onde fechou a (BR) por 15 minutos, a manifestação é para cobrar do atual prefeito de Itamaraju o término da Unidade.

Foto : Alexsandro Vieria

Nossa reportagem conversou com um dos manifestantes por telefone Gel Pires, que nos informou que alem da reivindicação do término da construção, a população reivindica a falta de saúde, transparência nas licitações. E ainda denúncia que a maiorias dos funcionários da prefeitura são parentes do prefeito ou dos vereadores alem do prefeito perseguir e ficar coagindo os concursados.


Foto : Alexsandro Vieria

Ainda segundo Gel Pires a construção da UPA, começou na gestão do ex-prefeito Manuel Pereira “Pedro da Campineira” e foi uma promessa de campanha do atual prefeito Dr. Marcelo, que até agora nada fez , alem dos postos de saúde não funcionar bem como deveria. Finalizou Gel.


Foto : Alexsandro Vieria

Durante o protesto os moradores enfiaram cruz ao redor da Unidade onde simbolizava 417 mortos em Itamaraju e 299 só no hospital municipal. A manifestação foi idealizada por um garoto identificado como “Igor” inconformado com os desmando da gestão, que através da rede social mobilizou a todos a esse manifesto.