Policia Civil Elucida mais um Homicídio na cidade do Prado


21/12/2017 20h17 |

O homicídio aconteceu em 28 de novembro no Distrito do Guarani, onde a vitima Danilo Pereira de Jesus foi emboscado e morto com disparos de arma de fogo (cartucheira e arma de fabricação artesanal).

A Policia Civil desde os primeiros momentos iniciou a coleta de informações e descobriu que dois elementos haviam sumido do Distrito do Guarani justamente na noite do crime, um chamado Tauan e outro conhecido por Railan.

Durante as investigações foi possível saber que os mesmos elementos haviam roubado um veículo Fiat Uno de cor branca, no dia seguinte (29/11/2017) usando armas de fogo compatíveis com as usadas no homicídio e estariam escondidos na Aldeia Monte Dourado, usando tal carro para se deslocar pela região.
Diversas incursões foram feitas pela Polícia Civil, e também pela Co irmã PM, e esses acabaram por prender a esposa de Tauan, a jovem Geliane, com as armas dos crimes e droga (Maconha).

Os autores foram identificados e qualificados pela Policia Civil, sendo Tauan Gasparino de Paula. e Erlan dos Santos, Vulgo Railan ou Grilinho.
Após a prisão de Geliane os autores do homicídio resolveram sair da região e foram em direção a Eunapolis, para se esconder, mas acabaram alcançados em Itabela, na posse do Uno roubado.

Na data de 20/12/2017, a Policia Civil cumpriu o Mandado de Prisão Preventiva em desfavor desses dois homicidas (Tauan e Erlan), Mandado esse requerido pela Autoridade Policial do Prado, e eles responderão presos, ainda em Itabela, onde foram Interrogados pelo Delegado daquela Unidade, Dr. Robson Andrade.
Apesar das negativas de autoria, algumas divergências entre os Interrogatórios nos pemitem a conclusão do Inquerito Policial com o indiciamento dos dois presos. (Tauan e Erlan).

As investigações sobre o roubo do Fiat/Uno branco ainda continuam, pois há a participação de outros dois elementos nesse crime.