Polícia Civil de Nanuque tem indícios que o caminhoneiro itamarajuense Renato de 32 anos foi emboscado e executado


07/06/2023 07h45 | Por: Redação/fonte teixeiraurgente

Durante a tarde desta terça-feira, 6 de junho, a Polícia Civil de Nanuque, informou à imprensa que o suposto latrocínio de Renato Chaves da Silva, de 32 anos, tem indício de execução.

 Novas informações apontam que Renato que dirigia um caminhão VW/24–250 placa NZU-6101 licenciado na cidade de Teixeira de Freitas, teria sido emboscado e executado por indivíduos armados enquanto conduzia o caminhão. De acordo a Polícia Civil os peritos constataram diversas perfurações de arma de fogo em várias partes do corpo da vítima, indicando uma ação violenta e indiscriminada por parte dos criminosos.

A Polícia acredita que o motorista tenha tentado fugir para uma mata, próximo ao local do crime devido ao rastro de sangue encontrado. Infelizmente, o corpo foi localizado sem vida, e a perícia confirmou o óbito no local.

A Polícia Civil está conduzindo as investigações para identificar os responsáveis pelo crime, contando com a colaboração da população para esclarecer os fatos.

A quantidade de disparos efetuados contra o motorista chamou a atenção das autoridades, levantando a possibilidade de uma execução, não um latrocínio que é roubo seguido de morte.

Polícia Militar também informou que intensificará a presença e ações de patrulhamento na região, colaborando com a polícia rodoviária para coibir possíveis crimes e garantir a segurança dos motoristas que trafegam pela BR 418.

As investigações prosseguem para esclarecer todos os detalhes do caso e buscar justiça para a vítima e sua família.