Polícia Civil de Caravelas cumprir mandado de Prisão preventiva


21/02/2018 16h57 | Por: Alexandro Sousa/Fonte PC

Na tarde desta quarta-feira, 21 de fevereiro, a polícia civil de Caravelas cumpriu Mandado de prisão preventiva em desfavor de Gildazio Freitas de Souza, vulgo “Gil Maconha ou Dentinho”, que se encontra preso no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.

Segundo o delegado Gilvan de Meireles Prates, que após várias oitivas e diligências realizadas, Gildazio foi identificado como sendo o mandante do homicídio praticado em desfavor de Urlandio de Souza Almeida, vulgo “Branco”, fato ocorrido no dia 09 de junho de 2017, por volta das 19h00, no distrito de Barra de Caravelas, em Caravelas.

Gildazio, vulgo “Gil Maconha” ou “Dentinho” foi preso em flagrante em Janeiro de 2017 pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas e encontra-se preso até a presente data no CPTF.

As investigações apontaram que Gildazio, utilizando um aparelho de celular de dentro do CPTF, entrou em contato com a vítima e armou uma emboscada, pedindo que o mesmo guardasse um revólver calibre 38, que uma pessoa iria lhe entregar. Gildazio disse a Urlandio que um “pivete” iria entregar a arma. O “pivete” foi identificado como sendo o adolescente C.R.M.F., que entrou em contato com Urlandio, por meio de aplicativo de mensagem, e marcou para entregar a referida arma de fogo, momento em que Urlandio foi ate o encontro foi executado por vários disparos de arma de fogo que atingiram várias regiões do corpo.

A motivação do crime teria sido por conta de a vítima Urlandio estar comercializando drogas no Distrito de Barra de Caravelas, local onde Gildazio comercializa.

O inquérito foi concluído e remetido à justiça. Gildazio foi indiciado por homicídio qualificado na condição de autor mediato e um procedimento foi instaurado para apurar a conduta do adolescente. Finalizou o delegado.