Operação policial apreende celulares e objetos cortantes em presídios da Região Metropolitana de Salvador e do interior


13/01/2022 13h46 | Por: Fonte/G1

Uma operação policial realizada em unidades penais de três cidades baianas resultou na apreensão de 18 aparelhos celulares e diversos objetos cortantes. As ações aconteceram nos presídios de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, Juazeiro, no norte do estado, e Ilhéus, na região sul.

Segundo a PM, a ação tem o objetivo de impedir a comunicação dos internos com criminosos que estão fora do sistema prisional. A maior parte do material apreendido foi encontrada no Conjunto Penal de Juazeiro, onde foram localizados 11 celulares, 10 carregadores, sete chips, nove fones de ouvido, um chuncho (espécie de faca), uma corda, um estilete e uma extensão.

Já no Presídio Regional Ariston Cardoso, em Ilhéus, cinco celulares, cinco carregadores, porções de maconha, quatro facas e dois chunchos foram apreendidos.

Em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, policiais militares e agentes penais apreenderam 12 cadernos com anotações, dois aparelhos celulares, três chips, quatro fones, dois carregadores, cabos USB e um chuncho.

De acordo com o comandante do Comando de Policiamento Especializado (CPE), coronel Manuel Paulo Muniz Júnior, a ação continuará com apoio de batalhões especializados.

“Desde agosto do ano passado que temos realizado essas atividades com a finalidade de evitar conexões entre os ambientes prisionais e externos. Além desse apoio que damos à Seap, também executamos ações preventivas para impedir que esses tipos de materiais cheguem até os internos”, explicou o oficial.