Operação alma lisa prende o principal executor dos últimos homicídios usado arma calibre 12


07/03/2018 14h42 | Por: Alexandro Sousa/Fonte PC/Teixeira de Freitas

Na manhã dessa quarta-feira 07 de março, em mais uma fase da operação alma lisa, que investiga os homicídios que utilizaram espingarda de calibre 12 nos meses de dezembro de 2017 e janeiro deste ano na cidade, a Polícia civil de Teixeira de Freitas e Policiais Militares da 87ª CIPM com apoio de policiais do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção do estado do Espírito Santo (NUROC) prenderam Uilian Santos de Jesus de 30 anos, que de acordo com as investigações é o principal responsável pelas três seqüências de homicídios e tentativas com espingarda calibre 12 ocorridas por volta das 09h: 30min dos dias 16/12/2017, às 19h: 45min, 23 e no dia 05/01/2018 por volta das 18h.

A execução desses crimes vitimou fatalmente Erasmo Peixoto Portela, de 21 anos, Afonso Portela da Silva, de 16 anos, Ricardo dos Santo Silva de 25, Deriomar dos Almeida, de 20, Darlei de Jesus Zordan, de 30 anos, José Sérgio Martins Ferreira, de 34 e José Nilton Freitas da Costa de 44 anos, é deixando Deocevaldo Gonçalves Teixeira de 45 anos, que ficou gravemente ferido após ter seu braço atingido por disparo de espingarda calibre 12.

Além desses crimes, Uilian também foi o responsável pela tentativa de homicídio ocorrida em plena feira de domingo no Bairro São Lourenço, ocasião em que junto com comparsas, tentou contra a vida de Leandro Quaresma dos Santos, sendo que os disparos de arma de fogo atingiram gravemente uma feirante em seu local de trabalho, que foi socorrida pelo próprio marido até o hospital.

 

A prisão de Uilian

Ocorre no bairro Novo Horizonte na cidade de Serra-ES, onde estava escondido desde que seu comparsa Elizeu Marinho (Vulgo Manso) foi morto em confronto com a Polícia Militar de Teixeira de Freitas no dia 21 de janeiro.

Na última segunda-feira 05 de março, os policiais civis, apreendeu a espingarda calibre 12 que assombrou a comunidade teixeirense. A prisão de Uilian é mais uma resposta das forças de segurança pública de Teixeira de Freitas contra esse grupo de criminosos que tentava ganhar território para o tráfico de drogas e mais uma vez demonstra o empenho das policias locais em desarticular essa organização de traficantes que tentou mostrar força aos rivais através de ações inconsequentes como as dos últimos meses.