Mototaxistas envolvidos em crime se apresentam à Polícia e são liberados após ser ouvidos


17/05/2017 15h20 |

O Plantão Territorial da 8ª COORPIN/ Teixeira de Freitas recebeu a informação da ocorrência de um homicídio no Bairro Tancredo Neves. Imediatamente o delegado plantonista e uma equipe do Núcleo de Homicídio e Tráfico foram para o local do fato e lá encontraram um corpo do sexo masculino, em decúbito dorsal, trajando uma camisa longa branca e short tactel, apresentando perfurações provenientes de arma de fogo no rosto e uma perfuração no abdômen provocada por outro instrumento perfurante diverso. No momento em que a equipe estava fazendo o levantamento do local do fato, surgiram em grupos sociais vídeos com imagens da execução do crime mostrando a participação de vários mototaxistas da cidade. Com isso, o NHT iniciou diligências em busca dos autores que já estavam identificados e após descobrirem que os policiais estavam a sua procura se apresentaram à delegacia acompanhada por advogado para prestar esclarecimentos sobre a participação de cada um deles na ação.

Segundo as oitivas dos suspeitos do homicídio, na tarde do dia (16), Leonardo de Jesus Souza foi vítima de roubo e foram levados seu aparelho celular e a quantia de R$ 555,00 (quinhentos e cinqüenta e cinco reais). Para realizar o roubo, após a contratação de uma corrida de mototaxi, o individuo se utilizou de um facão para ameaçar o mototaxista.  Leonardo, então, foi até a delegacia de polícia e registrou o Boletim de Ocorrência e, em seguida, acompanhado de vários colegas de trabalho, voltou ao Bairro Cidade de Deus (local em que ocorreu o roubo) para buscar informações sobre a pessoa que praticou o assalto. Lá os mototaxistas obtiveram a informação de que o criminoso era um tal Tiago morador do Bairro Liberdade I. Seguiram para a referida casa do Bairro Liberdade I e encontraram o pai e a mãe do rapaz sendo que o próprio Tiago não se encontrava no imóvel.

 

Logo após, os mototaxistas receberam a informação de que Tiago estaria no Bairro Tancredo Neves. Quando chegaram ao bairro, já havia outros mototaxistas em frente a uma casa onde Tiago estaria cercado e havia muita gente esperando ele sair da residência. Tiago Evangelista da Silva foi então puxado para fora da casa e passou a ser agredido por várias pessoas com chutes e socos, inclusive por Leonardo. Sendo que em determinado momento Leonardo se utiliza de uma chave de fenda para feri-lo na região abdominal. Enquanto as agressões continuavam, Carlos Pires Santos, também mototaxista, com um revolver em punho, aproximou-se do foco do tumulto e desferiram vários tiros na cabeça de Tiago, não satisfeito, ele ainda chuta violentamente a cabeça da vítima.

 

Diante da repercussão das imagens do homicídio e de que os suspeitos aparecem nitidamente praticando o crime e com os policiais civis do NHT já diligenciando, visando à prisão dos envolvidos, Leonardo de Jesus Souza e Carlos Pires Santos acompanhados por advogado se apresentaram espontaneamente na delegacia e apresentaram as armas utilizadas por cada um deles. Tendo então a autoridade policial os interrogado no inquérito já em andamento e formalizado as confissões de ambos.

 

As investigações continuam para que sejam identificados e responsabilizados os demais autores do homicídio

 

Fonte: DPC Ricardo Amaral