Léo Brito lidera pesquisa na eleição 2020


05/11/2020 01h07 | Por: Maisteixeira/ASCOM

Faltando apenas 10 dias para reta final das eleições municipais, o atual prefeito é o candidato a reeleição Léo Brito , lidera as intenções de voto no município de Alcobaça.

De acordo uma pesquisa realizada pela empresa S F DOURADO MORENO – ME / FOCO – PESQUISA E DESENVOLVIMENTO (CNPJ 15444186000145) entre os dia 30 é 31 de outubro, o candidato Léo Brito liderava com mais de 12 pontos a frente do seu Adversário Zico de Baiato.

O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aconteceu no dia 29 de outubro, sob número BA-03187/2020, um dia antes do início da coleta e divulgado nesta quarta-feira, dia (4) de novembro.  600 pessoas foram entrevistadas, através da pesquisa quantitativa, quando são utilizada técnica de “Survey”, com entrevistas pessoais e aplicação de questionários estruturados e padronizados junto a uma amostra representativa do eleitorado da cidade em estudo.

A media de confiança da pesquisa estimada é de 95% (noventa e cinco por cento de confiança) e um erro de estimação de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos. 

O candidato à reeleição ao cargo de prefeito de Alcobaça, Léo Brito, venceria a disputa do próximo dia 15 de novembro em todos os cenários.

Na indicação estimulada para prefeito, quando o eleitor escolhe entre os nomes citados, Léo Brito venceria com 52,00%. O segundo colocado, Zico de Baiato teria 39,67% e Irmão Deka 0,83%. Nenhum/Branco/Nulo somam 1,83% e Não sabe/Não respondeu 8,50%.

Na espontânea, quando o próprio eleitor cita o nome de seu candidato preferido, Léo Brito venceria, segundo a opinião de 50,17% do eleitorado, enquanto Zico de Baiato ficaria em segundo com 39,67% e Irmão Deka com 1,83%. Nenhum/Branco/Nulo somaram 2,50% e Não sabe/Não respondeu 5,00%. A soma de ótimo (10,67%), bom (31,33%) e regular (29,17%) somaria 71,17% dos que aprovam a administração realizada pelo candidato à reeleição, Léo Brito.

Surpresa é a opinião dos eleitores sobre a rejeição aos candidatos. Os três ficaram tecnicamente empatados, com uma diferença em torno de 1% entre eles. Irmão Deka (28,83%), Léo Brito (27,50%) e Zico de Baiato (26,83%).