Homem preso e outro baleado após troca de tiros com a polícia


23/09/2021 11h35 | Por: Redação/Fonte:LiberdadeNews

Eunápolis: Um homem foi preso e outro foi baleado após uma troca de tiros com policiais militares na tarde de quarta-feira (22), na ladeira entre os bairros Santa Lúcia e Itapoã, na cidade de Eunápolis. A polícia informou que foi ao local verificar denúncia sobre a presença de uma dupla armada, que estaria circulando em uma moto. Ao perceber que os policiais se aproximavam, eles fugiram e atiraram contra os agentes, conforme relatado pela PM.

Na troca de tiros, Luiz Umberto Dias Barroso Filho, 21 anos, ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Regional. Segundo a Polícia Militar, o segundo homem conseguiu fugir, invadindo imóveis de terceiros. Foram realizadas buscas pelas características e ele acabou detido, pouco tempo depois, no carro de um tio, que, conforme a polícia, pode ter tentado lhe dar fuga.

Identificado como Robério Jonatas Barbosa Oliveira , 24 anos, ele foi conduzido para a carceragem da Polícia Civil. Luiz Umberto recebeu alta do hospital no mesmo dia e também está custodiado na mesma unidade. Os dois, que são suspeitos de tráfico de droga, foram autuados em flagrante por quatro de tentativas de homicídio qualificado, em razão do crime ter sido praticado contra policiais militares.

Quanto ao tio de Robério, a polícia informou que não ficou evidenciado que ele tentou dar fuga ao sobrinho e por isso foi ouvido na qualidade de testemunha. A arma que teria sido adicionada pela dupla não foi encontrada. A polícia suspeita que Robério a dispensou durante a fuga. A moto da dupla e o carro da polícia foram atingidos por disparos de arma de fogo. A Polícia Civil informou que um inquérito foi instaurado para investigar o caso e que pediu a prisão preventiva dos dois acusados.

SAIU DO PRESÍDOO ESTE ANO

Robério foi solto do presídio de Eunápolis este ano. Ele cumprido cumprido pena por posse ilegal de arma de fogo e munição, corrupção de menores, tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes cometidos em 2016.