Drive-Thru para vacinar Trabalhadores da Educação e de Força e Salvamento acontece nesta terça (27)


26/04/2021 10h18 | Por: Maisteixeira/Fonte Ascom

Serão disponibilizadas 400 doses para o Drive-Thru nesta terça-feira, 27 para vacinar com a 1ª dose os trabalhadores da Educação do Ensino Regular com 40 anos ou mais e trabalhadores da Força de Segurança e Salvamento de 40 ou mais. A ação acontece na UFSB, das 8h às 11h30h.

A vacinação dos trabalhadores da Educação do Ensino Básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA) e trabalhadores da Educação do Ensino Superior.

Para comprovar o vínculo, é fundamental que os Trabalhadores da Educação estejam munidos de alguns documentos de identificação. Rede Pública: RG, CPF e Contracheque 03/2021 e Rede Privada: RG, CPF, contracheque e carteira de trabalho.

Já para os profissionais da força e segurança, é necessário apresentar Carteira de Identificação Funcional /RG e CPF. Considerar para vacinação, conforme disponibilidade de vacinas a ser liberada pelo MS, a ordem de atendimento a seguir dos trabalhadores deste grupo de força de segurança e salvamento de 49 a 45 anos:

a) Policiais militares;

b) Policiais civis;

c) Policiais rodoviários;

d) Policiais federais;

e) Bombeiros militares e civis;

f) Guardas municipais, conforme especificação em lista a ser encaminhada pelos gestores de saúde dos municípios, após alinhamento com a Secretaria de Segurança Pública Municipal;

g) Guardas de trânsito, conforme especificação em lista a ser encaminhada pelos gestores de saúde dos municípios, após alinhamento com a Secretaria de Segurança Pública Municipal;

h) Salva-vidas, conforme especificação em lista a ser encaminhada pelos gestores de saúde dos municípios, após alinhamento com a Secretaria de Segurança Pública Municipal.

Drive Solidário

Para o drive, segue a parceria com o Corpo de Bombeiros, com recebimento nos drives doação de alimentos e produtos de higiene pessoal. A Campanha Quarentena Solidária objetiva ajudar quem está em situação de vulnerabilidade agora na pandemia da Covid-19. Se puder, colabore.