Direção do HMI de Itamaraju para fugir das responsabilidades culpa a mídia


21/02/2019 14h06 | Por: Alexandro Sousa/maisteixeira

A diretora do Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), Adriana Novais, para fugir das suas responsabilidades e a demora dos atendimentos na unidade hospitalar, deu uma entrevista a imprensa local pago pela prefeitura de Itamaraju, na tarde desta última quarta-feira 20 de fevereiro, onde acusava as mídias, pelo fato ocorrido nesta semana, onde um paciente quebrou a porta de vidros do hospital.

O Blogger portalsaudeitamarajublogsport.com, círculo uma nota nesta última quarta-feira, com o título “Mentiras e declarações irresponsável incitam população a prática de violência no HMI”. Ainda de acordo o Blogger há uma série de inverdade que vem sendo publicada contra a saúde de Itamaraju desde o início do mandato do prefeito que também é médico, e que esse cenário negativo, propagado por opositores em veículo de comunicação e também nas redes sociais começou a produzir seus frutos.

O que mais chama a atenção é a direção do hospital vim a publico dizer que o paciente que teria sofrido um acidente na noite da última terça-feira, (19) teria premeditado quebrar as portas de vidros da unidade.

Populares há anos vem reclamando da saúde pública de Itamaraju, como falta de médico, irresponsabilidade e falta de remédios. Após o incidente na unidade hospitalar foi marcado um protesto previsto para acontecer no próximo dia 24, a parti das 15hs00 em frente às instalações da Unidade de Ponto Atendimento (UPA) abandonada pela gestão pública de Itamaraju.