Descarte de lixo em praça causa transtorno os moradores do bairro BNH em Itamaraju


22/01/2023 00h36 | Por: Alexandro Vieira/teixeiraurgente

Os moradores que residem no Bairro BNH precisam conviver com o acúmulo de lixo despejado em um trecho da Praça pública, mesmo com a coleta regular dos resíduos, a própria população insiste em descartar no local sacola, entulhos, papelões, entre outros, causando transtornos e mau cheiro.

Segundo a costureira Maria de Lourdes, que reside no Bairro há mais de 30 anos, a praça e as ruas ao redor são constantemente limpas, mas alguns moradores insistem em não aguardar o dia em que o caminhão que coleta o lixo passa e acabam por jogar os resíduos em via pública. O resultado é uma montanha de lixo, que favorece a proliferação de doenças e transtornos.

“As pessoas colocam o lixo embaixo do poste. Não sei se eles esquecem o dia que o carro vai passar, mas sempre colocam o lixo aí. Só que os animais acabam rasgando e espalhando tudo, ou usuários de droga reviram o lixo para encontrar algo para vender e deixam tudo espalhado. Aí fica horrível, o lixo todo jogado no chão, então quando o carro vem recolher, eles têm que catar entulho por entulhos”, explica Maria de Lourdes.

Para ela, a solução poderia ser resolvida se a Prefeitura de Itamaraju instalasse uma lixeira suspensa, de modo que os lixos não ficassem no chão, favorecendo que animais rasguem e espalhem os resíduos.

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com os responsáveis pela área, mas até o momento não tivemos êxito de respostas.