Após pressão dos professores e ida para a justiça o prefeito Zico de Baiato anuncia pagamento dos Precatórios do FUNDEF


17/04/2023 23h53 | Por: Redação/fonte teixeiraurgente

No início da noite desta segunda-feira, 17 de abril, vários portais de notícias noticiou que “o Governo Municipal de Alcobaça na pessoa do Prefeito Zico de Baiato que tem se empenhado incansavelmente para realizar o pagamento de Precatórios aos professores da Rede Municipal e anunciou nesta segunda-feira oficialmente, o pagamento do benefício de forma integral, sem retenção, que contemplará professores da rede municipal que se encaixam nas especificações para o recebimento”.

E que “O Prefeito destaca que o cumprimento da promessa representa o respeito da gestão municipal com a classe de educadores de Alcobaça e que seguirá trabalhando para garantir os direitos de todos”.

A redação do portal Teixeira Urgente, entrou em contato com uma professora a qual vamos resguardar o seu nome, que, na verdade, a realidade não seria essa.

De acordo a Professora que também faz parte da APLB de Alcobaça, que “Não foi por espontânea vontade do prefeito, mais se que APLB teve que travar uma grande luta para conseguir essa precatória”.

A professora ainda nos contou que o montante era de 38 milhões a ser rateado e eles consumiram com 23 milhões, APLB junto com os advogados fizeram um acordo de ratear os 15 milhões, onde o processo teria ido para a comarca do Prado onde o juiz teria indeferido, ou seja, (negado) o direito aos professores, onde o advogado da Aplb foi até o desembargador em salvador e conseguiu uma ordem para que o juiz de prado assinasse o processo dando um parecer favorável à classe dos professores e os que têm direitos.

“Portanto não foi vontade do gestor pagar esse precatório, nós lutamos para conseguir por ele nada teríamos” disse a professora.